Dia 18 de janeiro fui convidado para a estréia de La La Land, eu já estava mega louco pra assistir, por que já tinha ouvido bastante sobre o filme e sobre ter a Emma Stone que é de longe uma das minhas atrizes favoritas atuando nele. O filme é lindo e cheio de magia. Só uma coisa me incomodou durante o filme, o ar-condicionado não estava ligado e eu morri de calor. Bom agora vamos falar do filme.
Nos dias de hoje, os musicais certamente se tornaram uma coisa do passado. Não vou ficar surpreso se La La Land ganhar vários prêmios, é provavelmente, do meu ponto de vista, um dos melhores filmes que vi até agora, eu sei que ainda estamos em janeiro, mas esse filme me ganhou de uma forma que não sei explicar, acredito que é pelo fato de eu amar filmes musicais. Olha, esta é uma história que você já viu um milhão de vezes, mas não exatamente dessa maneira. 1

Como barista Mia (Emma Stone) está trabalhando/lutando para alcançar seu real sonho ser atriz, direto e reto ela se esbarra com Sebastian (Ryan Gosling) que é um pianista pouco frustrado,os encontros são tantos que começo a acreditar em destino. O tempo passa rapidamente ao longo deste filme e o tempo entre cada transição parece impecável, assim como os números musicais que explicam cada cena em profundidade. Este filme é uma verdadeira maravilha e que cineastas devem sempre se esforçar para alcançar.

 

Esta luta entre o velho e o novo está no coração viscoso e romântico do filme de Chazelle. Sebastian, que quer abrir um clube de jazz, tem nostalgia por um passado que nunca teve. Ele é um “romântico” descarado. Mia, em contraste, é uma atriz moderna que assistiu filmes antigos quando era  uma criança. É claro que esses opostos se atraem, mais notavelmente quando eles executam um dueto de música e dança, “A Lovely Night”, citando as razões que são indiferentes uns aos outros. É tão lindo o dueto dos dois que chega fazer nossos olhos brilharem de tanto que ficamos presos pela voz doce dos dois.

O Chazelle sabe exatamente como colocar música em cenas. Existem alguns casos em que eu senti que o filme iria ser mais um clichê romântico, mas há uma razão para tudo que é mostrado na tela. Eu adorei cada minuto de La La Land pode ser um dos melhores filmes de 2016 sem nem questionar.

AAAAA, chega, não vou mais demonstrar meu amor pelo filme, eu quero que vocês assistam. Para conferir o trailer clique aqui!
Deixem nos comentários se vocês já assistiram, se ficaram com vontade, contem tudo aqui embaixo! Até a próxima..

 

You May Also Like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *